quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Prefeito de Santa Quitéria se envolve em acidente com vítima fatal na BR-020

O prefeito de Santa Quitéria, Tomás Figueiredo, se envolveu em um acidente com vítima fatal, na noite desta terça (23), por volta das 21h40, no km 326 da BR-020, na altura do município de Caridade.
Tomás, acompanhado de seu motorista, identificado apenas como Robério, retornava de Santa Quitéria, onde havia participado de um evento do Dia dos Professores e seguia rumo à Fortaleza, quando no referido trecho, o seu veículo, uma Toyota Hilux, de cor prata, acabou colhendo um ciclista, Antônio Helder Barbosa Alexandre, 51, que veio a óbito no local.
Segundo informações obtidas pelo A Voz de Santa Quitéria, o prefeito e o motorista passam bem. Após a colisão, permaneceram no local prestando assistência e o condutor foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, para a realização dos procedimentos.
A ocorrência foi atendida pela Polícia Rodoviária Federal. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal, de Canindé e já foi liberado.

(avozdesantaquiteria)

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Eleições 2018 Bolsonaro tem 60% e Haddad tem 40% em nova pesquisa BTG Pactual

A menos de uma semana para o segundo turno da eleição presidencial, Jair Bolsonaro (PSL) chega a 60% das intenções de votos válidos, contra 40% de Fernando Haddad (PT), de acordo com pesquisa BTG Pactual divulgada nesta segunda-feira (22). 
Em comparação com o levantamento da semana anterior, Bolsonaro cresceu 1 ponto percentual e Haddad perdeu um, sendo ambos na margem de erro, que é de 2pp. O intervalo de confiança é de 95%. 

Os votos válidos são aqueles que descartam os votos nulos e em branco, além de serem os computados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para dar o resultado do pleito. 

Expectativa de vitória 

A pesquisa também perguntou aos eleitores quem eles acham que será o vencedor do segundo terno. 76% responderam que Jair Bolsonaro deve ser eleito, contra 17% que creem na vitória de Fernando Haddad. Outros 7% disseram não saber ou não responderam. 

Sentimento 

Os entrevistados responderam ainda como se sentem com relação às eleições deste ano.  47% se dizem muito decepcionados com o pleito. 13% estão mais ou menos decepcionados, outros 13% um pouco decepcionados e 27% dizem não estar. 1% do total não soube ou não respondeu.

No questionário, também foi perguntado se os eleitores estão esperançosos, com medo ou empolgados nestas eleições. 36% dizem ter muita esperança, 33% estão com muito medo, e 22% se dizem muito empolgados. Veja o gráfico:

Rejeição

Do total de eleitores entrevistados, 52% disseram que não votariam no candidato petista "de jeito nenhum". A rejeição a ele diminuiu 1pp, em relação à última semana, dentro da margem de erro. Outros 38% dos eleitores afirmam que não votariam "de jeito nenhum" no candidato do PSL, mesmo percentual da pesquisa anterior. 

A pesquisa, realizada pelo Instituto FSB Pesquisa, entrevistou, por telefone, 2 mil eleitores com idade a partir de 16 anos, nas 27 Unidades da Federação (UFs) entre os dias 20 e 21 de outubro.
Diário do Nordeste

Reriutaba: Caminhão tomba na CE-366, próximo a comunidade de Oitizeiro

Um caminhão vermelho, de placas com inscrição  da cidade de Ipú-CE, pertencente a empresa R.F.O Poços Artesianos, daquele município,  tombou na tarde desta segunda-feira(22/10), por volta das 17 horas, quando trafegava na CE-366, altura da localidade de Goiabeira, já  proximo a comunidade de Oitizeiro em Reriutaba. O veículo ia sentido Guaraciaba à Reriutaba, quando o motorista perdeu o controle, desceu o aterro e o carro tombou. O transporte estava carregado de canos.
Felizmente ninguém saiu com ferimentos graves, apenas o motorista saiu com arranhões no braço. O mesmo não soube informar o que de fato aconteceu para causar o acidente.
O caminhão ficou parcialmente destruído.
Fonte: Reriutaba Notícias

terça-feira, 16 de outubro de 2018

FORQUILHA-CE - QUADRILHA FORTEMENTE ARMADA INVADE FÁBRICA DE PNEUS E ROUBA TOYOTA HILUX


Foto: Divulgação/Sobral 24 horas
Na tarde desta segunda-feira (15), por volta das 16:00hs, seis elementos armados de pistolas em uma Toyota Hilux prata, invadiram a fábrica de pneus, "Brasil Cap", e roubaram uma Toyota Hilux preta de placas HUQ-5396.
Logo após o roubo, os criminosos fugiram em rumo ignorado.
A Polícia foi acionada, diligenciou, mas os assaltantes e a Hilux não foram localizados.

Quem souber informações do paradeiro da caminhonete, ligar para o telefone da Polícia (190). O sigilo das informações é 100% garantido.

Fonte: Sobral 24 horas.com

IPU-CE - ADVOGADO DR. JÚNIOR PEREIRA COMETE SUICÍDIO DENTRO DA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO


Foto: Divulgação
Na manhã desta terça-feira (16), por volta das 8hs da manhã o advogado Dr. Júnior Pereira chegou na Secretaria de Educação e foi até à sala da sua ex-mulher, ao chegar no local disparou um tiro contra sua cabeça, tirando a própria vida.
Segundo informações, o mesmo estaria passando por problemas emocionais particulares.

O advogado Dr. Júnior Pereira era procurador da Prefeitura de Ipu.
Na parte de fora da Secretaria de Educação, populares e amigos estavam perplexos com o fato acontecido.
O corpo permaneceu no local até a chegada do IML.

Fonte: Netcina

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Por que o número de furacões está aumentando com o aquecimento global?


Rafael BattagliaFuracão© Getty Images Furacão

Harvey, Irma, Maria, Florence…Você já teve a impressão que o número de furacões aumentou nos últimos tempos? Se a resposta for sim, saiba que está correto: um estudo publicado na revista Science mostrou que 2017 foi um ano acima da média para esse tipo de fenômeno – e o culpado pode ser o aquecimento global.
De acordo com a pesquisa, o Oceano Atlântico foi palco de seis grandes furacões (com ventos acima de 178 km/h) no ano passado, o dobro da média de três tempestades do gênero, número que vinha se mantendo desde 2000. Antes disso, a incidência era ainda menor: dois grandes furacões por ano.
O estudo simulou vários cenários climáticos em computador. Cruzando os dados obtidos, ele relacionou o aumento da temperatura de uma faixa específica no Atlântico (entre o sul da Flórida e o norte da América do Sul, indo até o oeste da África) tanto com causas naturais quanto as provocadas por humanos, como a queima de carvão, petróleo e gás.
Gráfico do número de eventos meteorológicos relevantes na América do Norte de 2000 à 2017: 2017 foi o ano com o maior número de grandes eventos meteorológicos na América do Norte. Fonte: NatCat Service© Superinteressante 2017 foi o ano com o maior número de grandes eventos meteorológicos na América do Norte. Fonte: NatCat Service
Águas quentes funcionam como combustível para furacões. Eles se formam quando a temperatura está acima de 27oC e, quanto mais quente o oceano estiver, maiores são as chances da tempestade se formar – e menores são de ela perder a intensidade com o passar do tempo.
“Vamos ter temporadas de furacões mais ativas, como a de 2017, no futuro”, disse Hiro Murakami, cientista climático do NOAA (Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos EUA) e principal autor do estudo, em entrevista a agência Associated Press. A pesquisa traçou um cenário preocupante: até 2100, a média de grandes furacões no Atlântico irá aumentar ainda mais, para oito por ano.
A pesquisa recebeu algumas críticas de cientistas da área, que afirmaram que a relação entre fenômenos climáticos extremos e o aquecimento global não é tão simples assim. No entanto, uma coisa é fato: o oceano Atlântico está ficando cada vez mais quente, e num ritmo maior do que os outros.
Fonte:https://www.msn.com/pt-br/clima/noticias-do-clima/por-que-o-n%C3%BAmero-de-furac%C3%B5es-est%C3%A1-aumentando-com-o-aquecimento-global/ar-BBOfJbx

Furacão Michael deixa casas devastadas e árvores caídas em passagem pela Flórida

Casa e veículo são destruídos após a passagem do furacão Michael em Mexico Beach, Flórida - 11/10/2018

A violência do furacão Michael ficou visível nesta quinta-feira em cidades costeiras devastadas na Flórida, onde fileiras de casas foram arrancadas de suas fundações, telhados arrancados de escolas pela força quase recorde da tempestade que deixou seis mortos.
Panes de comunicação e ruas bloqueadas por árvores caídas, linhas de transmissão espalhadas e destroços tornavam difícil fazer uma avaliação completa dos estragos causados pelo Michael nesta quinta-feira, mas o quadro inicial é desolador.
O Michael se abateu sobre o litoral noroeste da Flórida perto da pequena cidade de Mexico Beach na quarta-feira com ventos de 250 quilômetros por hora, empurrando uma parede de água do mar sobre o continente. O céu clareou nesta quinta-feira, um contraste com a chuva torrencial do dia anterior.
Vídeos feitos pela rede CNN a partir de um helicóptero mostraram que as casas de Mexico Beach próximas ao mar perderam tudo, menos as fundações. Algumas quadras mais adentro do continente, cerca de metade dos lares foram reduzidos a pilhas de madeira e paredes laterais, e aqueles ainda de pé sofreram danos graves.
A tempestade, o terceiro furacão mais intenso a atingir o território continental dos Estados Unidos, enfraqueceu de madrugada e se tornou uma tempestade tropical, seguindo para o nordeste nesta quinta-feira e provocando chuvas fortes na Geórgia e nas Carolinas, Estados que ainda estão se recuperando da passagem do furacão Florence um mês atrás.
O furacão matou ao menos seis pessoas na Flórida, na Geórgia e na Carolina do Norte com queda de árvores e outros incidentes relacionados ao furacão, disseram autoridades e a mídia local.
Os feridos na Flórida foram levados a hospitais em Tallahassee, com alguns machucados após a tempestade com queda de galhos de árvores, disse Allison Castillo, diretora de serviços de emergência no Capital Regional Medical Center.
(Por Rod Nickel; reportagem adicional de Devika Krishna Kumar, Gina Cherelus, Scott DiSavino, Dan Whitcomb, Brendan O'Brien, Gary McWilliams, Liz Hampton, Andrew Hay, Alex Dobuzinskis e Humeyra Pamuk)

Fonte:https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/furac%C3%A3o-michael-deixa-casas-devastadas-e-%C3%A1rvores-ca%C3%ADdas-em-passagem-pela-fl%C3%B3rida/ar-BBOfNSI